Perda auditiva e zumbido também podem ter relação com a Covid-19 | Centro Auditivo Lider
CA Lider

Perda auditiva e zumbido também podem ter relação com a Covid-19

Perda auditiva e zumbido também podem ter relação com a Covid-19
Os efeitos colaterais da Covid-19 ainda são estudados pelos cientistas, justamente porque o vírus sofre constantes mutações, que diversificam os sintomas da doença. Uma das linhas de investigação diz respeito à relação com a saúde auditiva, já que diversas pessoas relataram algumas sequelas, como a perda da audição e zumbido no ouvido.

Uma análise do Manchester Biomedical Research Centre (BRC) revelou que 14,8% dos pacientes relataram zumbido no ouvido após o desenvolvimento da doença. Além disso, 7,6% tiveram perda severa da audição.

Para chegar a essa constatação, o BRC analisou 24 estudos que encontraram relação entre a Covid-19 e problemas auditivos. As pesquisas estão só começando. É preciso entender as consequências a longo prazo e também o que vem ocasionando danos ao sistema auditivo.
 

Mais investigação

Um outro estudo, desta vez publicado no American Journal of Otolaryngology, buscou investigar se portadores assintomáticos do coronavírus podiam ter prejuízos nas funções das células ciliadas da cóclea.

Para isso, os pesquisadores avaliaram 20 casos diagnosticados com Covid-19, que não apresentavam nenhum dos sintomas conhecidos, formando o grupo de teste. Ao final, o resultado indicou, de fato, prejuízos nas funções das células ciliadas da cóclea, apesar de assintomáticos.
 

O que são as células ciliadas?

A cóclea faz parte do chamado ouvido interno, que é por onde a vibração do som chega, estimulando as células sensoriais e convertendo a informação sonora em sinais elétricos, enviados ao nervo auditivo. As células ciliadas, por sua vez, fazem parte do órgão de corti. As externas são responsáveis pela transformação eletromecânica da informação sonora e amplificam a energia sonora na cóclea, aumentando dessa forma a sensibilidade. As internas são as especialistas na transformação da informação sonora para o nervo auditivo. Cada célula ciliada tem uma resposta eletrofisiológica dependendo do seu posicionamento e da frequência sonora.

Consequência da perda auditiva

Dor de cabeça, cansaço, tensão muscular, solidão, estresse, insônia, angústia ou tristeza. Esses são alguns dos efeitos, físicos e mentais, decorrentes da perda auditiva. Os motivos para a perda auditiva podem estar relacionados a fatores externos ou internos. Mas, na maioria das vezes, os danos acontecem por fatores naturais, como o envelhecimento.

Outros fatores capazes de provocar a deficiência são:
  • Exposição prolongada a som alto;
  • Uso de alguns medicamentos;
  • Decorrente de doenças no ouvido que não são bem tratadas.
  • No caso dos remédios, alguns antibióticos (dependendo da dose) podem ocasionar a perda auditiva por lesões no ouvido interno.

Esses danos, na maioria das vezes, acontecem nas células ciliadas da cóclea, podendo resultar na perda auditiva neurossensorial, que tende a ser permanente. 

Zumbido no ouvido

O incômodo zumbido no ouvido, também chamado de tinnitus, se propaga por todo canal auditivo, provocando grande prejuízo à qualidade de vida de quem o tem. Na maioria dos casos, o problema é consequência de um processo de perda auditiva.

Vários fatores podem originar o zumbido no ouvido. Por isso, é importante procurar ajuda de um médico especialista para saber o motivo da condição e tratar tanto o sintoma como a sua origem.

É comum que infecções bacterianas e virais causem perda auditiva repentina. No entanto, em relação ao novo coronavírus, embora diversas pessoas tenham relatado o sintoma, as pesquisas continuam sendo feitas.

Por isso, caso você tenha enfrentado a Covid-19 e apresente algum sintoma suspeito em relação à sua audição, procure um médico o mais rápido possível. Essa é a melhor forma de investigar os possíveis danos, sua origem e tratamentos indicados, que, em alguns casos, requerem o uso de aparelhos auditivos.

Blog

CA Lider
Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies.

NOSSO TELEFONE

(41) 3095-4090
ligar

fale conosco no

WhatsApp
iniciar conversa