Você sabia que esporte e aparelhos auditivos também combinam? | Centro Auditivo Lider
CA Lider

Você sabia que esporte e aparelhos auditivos também combinam?

Você sabia que esporte e aparelhos auditivos também combinam?
A prática de atividade física é indispensável para quem deseja ter um estilo de vida mais saudável, do ponto de vista físico, mental e psicológico, livre de doenças capazes de limitar e comprometer o bem-estar.

Ao contrário do que muita gente pensa, essa receita também vale para pessoas com perda auditiva. Se você usa aparelho auditivo, por que deve se privar de praticar algum esporte? Lembre que esses equipamentos servem para impedir que suas dificuldades de audição sejam uma barreira para sua qualidade de vida! Então, eles vão continuar te ajudando.
 

Exemplos no esporte mundial

Uma boa fonte de inspiração para quem ainda está inseguro é o atleta olímpico David Smith, de 36 anos, jogador da seleção americana de vôlei.

David nasceu com quase 90% de perda auditiva bilateral e, por isso, usa aparelho auditivo desde os 3 anos de idade. Ele também foi o primeiro atleta surdo a se tornar capitão de uma seleção.

Outro caso é o da jogadora americana de basquete  olímpico Tamika Catchings, que se recusava a usar seus aparelhos de ouvidos quando criança. Então, na época da faculdade, ela foi convencida a usar por sua treinadora. O progresso foi imenso.

Em 2011, Tamika recebeu o prêmio de melhor jogadora da WNBA (Women's National Basketball Association) e conquistou 3 medalhas de ouro nas Olimpíadas seguintes.

Outra esportista que merece destaque é a ciclista paralímpica da Nova Zelândia Amanda Cameron, a única que, além da deficiência visual, tem perda auditiva. Como você pôde ver, a deficiência auditiva não os impediu de chegarem onde estão e também não precisa impedir você!

Atividade física e aparelho auditivo combinam

Antes de mais nada, saiba que o aparelho auditivo é capaz de melhorar sua performance durante a prática esportiva. Encare-o como mais um elemento essencial do seu equipamento esportivo. Afinal, você jogaria tênis sem uma raquete?

Além de ajudarem a ouvir sons importantes para o desempenho na atividade, como o apito do juiz, as instruções do técnico ou o chamado de um amigo, os aparelhos contribuem para manter o equilíbrio e a consciência espacial. 

Qual aparelho é mais indicado?

Os equipamentos podem ser do tipo retroauricular (uma parte fica atrás da orelha e outra dentro) ou intra-auricular (fica totalmente dentro do ouvido). A partir daí, existe uma série de modelos confortáveis e com recursos tecnológicos capazes de deixar ainda melhor a experiência do usuário.

Os do tipo retroauricular, por terem uma parte atrás do ouvido em contato com o couro cabeludo, ficam mais expostos ao suor e também a quedas com movimentos bruscos. Por outro lado, os intra-auriculares, ficam menos expostos ao suor, já que são colocados dentro do canal do ouvido e constituem um único bloco (não sofrem tanto com movimentos mais bruscos).

O mais importante é procurar o fonoaudiólogo e junto com ele definir qual aparelho é mais indicado, de acordo com o estilo de vida e o tipo de atividade física praticada.

É possível usar aparelho em qualquer prática esportiva?

Já sabemos que os aparelhos auditivos são equipamentos essenciais, que não devem ser deixados de lado. No entanto, em atividades físicas aquáticas, como natação ou hidroginástica, a recomendação é tirá-los.

Embora eles consigam receber umidade ou gotas de água, o mergulho pode fazer com que eles parem de funcionar. Isso acontece porque o microfone fica na caixa do aparelho e, quando molha, todo o circuito é afetado.

Atenção redobrada deve ser direcionada para atividades que envolvam algum tipo de luta, pois o impacto pode danificar o funcionamento do equipamento eletrônico. Mas para as outras práticas esportivas, o indicado é usar o aparelho já que, normalmente, o paciente tem dificuldades para ouvir os sons do ambiente.

Cuidados essenciais com o equipamento

Não se preocupe com o suor na hora de se exercitar. O importante é conservar o aparelho seco. Inclusive, alguns modelos são resistentes à água, em algum nível. Mesmo assim, recomenda-se usar o desumidificador logo que terminar a atividade e à noite para secá-lo.

Outro cuidado importante é no chuveiro. Assim como é preciso tirar o equipamento quando for nadar ou mergulhar, é preciso fazer o mesmo na sauna e na hora do banho. O importante é que, com os cuidados e precauções adequadas, não é preciso se preocupar.

Aparelhos auditivos quase invisíveis

Quem tem perda auditiva deve se preocupar tanto com os recursos tecnológicos como também com o conforto proporcionado em todos os momentos, inclusive na hora de se exercitar. Alguns modelos são praticamente invisíveis, perfeitos para quem tem resistência em utilizar o equipamento e não gosta da ideia de ter um dispositivo visível na orelha.

Os aparelhos auditivos M-Core iX são ótimos exemplos de descrição e funcionalidade, com adaptação fácil e design praticamente invisível. Projetados para se encaixar completamente no canal auditivo, eles são os mais discretos para assegurar que o usuário ouça claramente em qualquer situação.

A última geração de aparelhos do Centro Auditivo Lider tem a tecnologia comprovada MotionCore, para garantir que o paciente sempre ouça o que importa. Ainda mais porque eles reconhecem automaticamente o ambiente, e se adaptam ainda melhor. A tecnologia MotionCore reconhece até 10 vezes mais situações auditivas individuais que os modelos anteriores.

Você já sabe que não precisa abrir mão de um estilo de vida mais saudável porque tem perda auditiva. Que tal conhecer todas as soluções tecnológicas do Centro Auditivo Lider?

Blog

CA Lider
Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies.

NOSSO TELEFONE

(41) 3095-4090
ligar

fale conosco no

WhatsApp
iniciar conversa